É preciso ‘compatibilizar discursos’, diz Lula sobre Irã e EUA

Amorim viaja nesta terça para discutir acordo entre Irã e ONU.
Presidente disse não ter medo de que país use urânio para armas.

Nathalia Passarinho Do G1, em Brasília

Presidente Lula condecora o presidente do Líbano, Michel  Sleiman, com a Ordem do Cruzeiro do Sul Presidente Lula condecora o presidente do Líbano,
Michel Sleiman, com a Ordem do Cruzeiro do Sul
(Foto: Ricardo Stuckert/PR/Divulgação)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou nesta terça-feira (22) que o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, viaja nesta tarde ao Irã para “amadurecer” negociações sobre as possibilidades de um acordo entre o Irã e a Agência Internacional de Energia Atômica. Lula embarca para a capital iraniana,Teerã, no próximo dia 15 de maio.

Lenn pelloc’h

Siemens lança turbina eólica capaz de fornecer 25% mais energia

A Siemens apresenta nova turbina eólica Direct Drive SWT TS-3,0-101 durante a Conferência Européia de Energia Eólica e Exposição em Varsóvia, na Polônia. A novidade conta com uma potência de três megawatts (MW), sendo capaz de oferecer 25% mais energia do que a turbina de 2,3 MW (atual da empresa), mas com menor peso e com redução de 50% das peças. A turbina eólica exige, ainda, menos manutenção e aumento da rentabilidade para os clientes. O primeiro protótipo foi instalado no ano passado, na Dinamarca, e apresentou excelente desempenho.

A Direct Drive possui um diâmetro de rotor de 101 metros e está disponível para projetos onshore e offshore em todo o mundo. O produto apresenta um gerador síncrono compacto, com ímãs permanentes. A principal vantagem dos geradores de magneto permanente é o seu design simples e robusto que não requer alimentação de excitação, os anéis de deslizamento ou de sistemas de controle. Isto leva a alta eficiência, mesmo com cargas baixas.
Lenn pelloc’h

Projeto de Belo Monte ganha “finale” digno do regime militar

CLAUDIO ANGELO
editor de Ciência

Há uma dissociação entre a imagem do presidente Lula nos jornais desta terça-feira, afagando uma criança indígena em Roraima, e a ação da Advocacia-Geral da União no mesmo dia para garantir justamente que os índios fossem atropelados e que a usina de Cararaô fosse construída. Aparentemente, o socioambientalismo do governo acaba onde começam o PAC e a eleição de Dilma Rousseff.

Lenn pelloc’h

Belo Monte: Norte Energia diz que construirá usina por menos de R$ 19 bilhões

Considerado azarão do leilão de Belo Monte (PA-11.233 MW), o consórcio Norte Energia foi ousado no preço final do leilão, que ficou em R$ 77,97 por MWh. O preço significa deságio de 6,02% sobre o preço-teto de R$ 83 por MWh. O diretor de Engenharia e Construção da Chesf, José Ailton de Lima, foi além e disse que construirá a usina por menos do que os R$ 19 bilhões estimados pela Empresa de Pesquisa Energética. O executivo afirmou que o consórcio já está em negociações com possíveis sócios estratégicos.

Lenn pelloc’h

Aneel suspende leilão da hidrelétrica de Belo Monte

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou na noite desta segunda-feira que suspendeu oficialmente o leilão da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), em razão da nova liminar concedida hoje pela Justiça do Pará. No mesmo comunicado, a Aneel informa que o leilão estava previsto para as 12 horas de amanhã.

O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, informou que apresentará ainda no início desta noite ao presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, Jirair Meguerian, em Brasília, o recurso contra a nova liminar que suspendeu o leilão de Belo Monte. Adams disse acreditar que a liminar seja cassada a tempo de possibilitar a realização do leilão. Adams disse também que é normal o governo enfrentar uma “guerrilha processual” quando realiza esse tipo de leilão e considerou normal que ações contra o leilão sejam apresentadas até minutos antes da licitação, como já ocorreu em outras ocasiões.

Lenn pelloc’h

Belo Monte: enfim, chegou o “Dia D”

Por Excelência Energética

A terceira maior hidrelétrica do mundo, elegida pelo governo federal como a obra mais significativa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), começa a sair do papel nesta terça-feira, dia 20 de abril de 2010. Não foram poucos, e nem deverão acabar ao fim desse dia, os entraves de âmago ambiental, jurídico e político, em situação não muito diferente das experiências das licitações das hidrelétricas do Rio Madeira, UHE Santo Antônio em 2007 e UHE Jirau em 2008.

Cada um desses megaprojetos quebrou um paradigma e deixou uma lição. A primogênita UHE Santo Antônio abriu caminho e mostrou que, enfim, as estabilidades econômica e regulatória permitiam a construção e o financiamento de projetos dessa magnitude de investimento e risco, enquanto que a UHE Jirau nos ensinou, plagiando a origem das metáforas de nosso presidente da República, de que “ninguém ganha jogo na véspera” e de que, mais importante que a criatividade dos produtos financeiros é a criatividade e esforços de engenharia. Já a UHE Belo Monte, ao ter seu projeto refeito para redução do reservatório inicialmente previsto em 18.000 km² para 440 km², poderá representar que é possível encontrar soluções que permitam o crescimento sustentável, mesmo localizada na Amazônia brasileira, região mundialmente ligada a questões de meio ambiente e palco de negociações sensíveis.

Lenn pelloc’h

Impressora sem tinta!

Mesmo com os recursos que temos hoje em dia (e-readers,smartphones, internet móvel, etc), ainda é bem difícil viver sem o papel.  Mesmo que se reciclem estes papéis, há um gasto enorme na produção e logística: o papel precisa ser recolhido, processado, transportado…

E se a própria impressora reciclasse o papel? Essa é a ideia da PrePeat, lançada no Japão. Ela não usa tinta e necessita de folhas de papel especial, que contêm pigmentos ativados pelo calor – e, por isso, pode ser apagado e reutilizado mais de 1000 vezes. Assista ao vídeo.

A PrePeat é bem cara (sai por US$ 5500 a máquina e cada folha por US$ 3).

No futuro, quem sabe todo mundo não adere a esta tecnologia. Muito bom!

Fonte: Energia Eficiente