Campus Party terá internet duas vezes mais rápida que edição anterior

A feira de tecnologia Campus Party, que irá acontecer entre 6 e 12 de fevereiro no Anhembi em São Paulo, terá internet de 20 Gbps. O anúncio foi dado em coletiva de imprensa nesta terça-feira (31), que também revelou mais cinco convidados. Em 2011, a velocidade era de 10 Gbps.

Segundo a organização, 7 mil pessoas se inscreveram para acampar no evento – são  os chamados campuseiros. Mario Teza, organizador deste ano, estima o público total em 200 mil pessoas.

As quedas de energia, que prejudicaram o evento do ano anterior, serão evitadas   com geradores suplementares, diz Teza. A fila do cadastramento, que também comprometeu a feira em 2011, será amenizada com reforço de funcionários e retirada de crachás no fim de semana anterior ao evento, com horário ainda não divulgado.

Mario Teza negou a presença de um filtro para arquivos específicos, como programas ilegais, nas transmissões de arquivos entre os campuseiros, mas disse que “Não promovemos nada que fira a legislação brasileira.”

Entre os palestrantes confirmados na nesta terça estão Vince Gerardis, que trabalhou na adaptação do romance Game of Thrones (de George R.R. Martin) para a TV e John Klensi, pesquisador do MIT há 30 anos e considerado um dos pais da internet. Também foram anunciados Charles Lencher, participante dos protestos Occupy Wall Street, Leila Nachawat, blogueira híspano-síria que falará sobre a Primavera Árabe e Olmo Galvéz, ativista do movimento Democracia Real Ya!.

Outros nomes importantes já confirmados são Kul Wadhwa, diretor da Wikipédia e da Fundação Wikimedia, que falará sobre leis antipirataria; o físico Michio Kaku, criador da “teoria das cordas” e da “teoria de tudo”; Dave Haynes, vice-presidente de negócios da plataforma de música Soundcloud; Nick Denton, presidente do site Gawker; e Julien Fourgeaud, diretor de produtos da Rovio, desenvolvedora responsável por “Angry Birds”.

Sebastián Alegría Klocker, menino chileno de 14 anos que criou um sistema caseiro de alerta de terremotos baseado em Arduino e que avisa de situações de risco no Twitter;

Dos campuseiros deste ano, 79,2% têm entre 18 e 29 anos, 12,3% entre 30 e 39, 4,1% menores de 18, 3% maiores de 50 anos, e 2,9% entre 40 e 49, segundo a organização. Bebidas continuam proibidas dentro do evento.

São Paulo é o estado mais presente, com 38,7% dos inscritos entre os que vão acampar. Minas Gerais segue com 9%, Rio de Janeiro com 7,6% , Bahia com 4,7% e Pernambuco, com 4,4%.

Esta é a quinta edição da Campus Party a ser realizada em São Paulo. O evento, que começou na Espanha em 1997, busca servir de ponto de encontro de pessoas e empresas interessados em tecnologia e negócios.

Fonte: G1

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s