Light e Cemig inauguram Hidrélétrica de Paracambi

A Light e a Cemig inauguram a Hidrelétrica de Paracambi. Com investimento de R$ 200 milhões, a nova usina tem capacidade de produzir 25 MW de energia limpa e renovável, suficiente para abastecer 50 mil residências. Na inauguração, além dos presidentes da Light, Jerson Kelman, e da Cemig, Djalma Morais, estiveram presentes várias lideranças políticas e representantes das comunidades. A construção da PCH, que durou 30 meses, foi administrada pela LightGer, empresa criada pelo empreendimento formado pelos grupos Light S/A e Cemig Geração e Transmissão. A hidrelétrica abrange o município de Paracambi (77 km do Rio de Janeiro), na Baixada Fluminense, local da construção da barragem, e também Itaguaí e Piraí, para onde se estende o reservatório, com 2,37 km², ou 237 hectares. Lenn pelloc’h

Indústria automobilística contra-ataca com motores pequenos

A indústria automotiva parece decidida a colocar no mercado as mais significativas inovações em termos de motorização desde o advento da injeção eletrônica. Preocupadas com o peso dos quesitos ambientais adicionados às avaliações dos seus carros, feitas por sites e revistas especializadas, as grandes empresas esperam parar de perder pontos, e clientes, pela fama de carros beberrões e politicamente incorretos.

Motor de três cilindros

O novo Focus, da Ford, por exemplo, é equipado com um motor menor, mais econômico e que, no entanto, tem a mesma potência que o motor que ele substitui. Com três cilindros minúsculos, é uma mudança histórica em relação aos motores de quatro cilindros, mas com ganhos em termos de economia de gasolina e menor emissão de dióxido de carbono (CO2). É um motor 1.0 substituindo um motor 1.6. Ainda assim, ele tem a mesma potência do motor anterior, que ele substitui, mesmo sendo 30% mais leve. “E nós conseguimos obter uma melhora de 15 a 20% na economia de combustível,” garante Tim Winstanley, da Ford. Lenn pelloc’h

Telha de vidro sueca aquece e produz energia solar

A SolTech Energy, empresa sueca especializada em energia solar, criou um sistema de aquecimento exclusivo feito de telhas de vidro, o Solartech.

O objetivo é que esse sistema possa substituir os modelos tradicionais feitos de concreto ou barro. Lenn pelloc’h

Mão robótica tem tato superior ao humano

Sensação robótica

A mão robótica identifica os objetos apalpando-os. Ela já conseguiu identificar 117 materiais diferentes, de tecidos e papel a frutas e produtos em lata.

A mão robótica com o melhor sentido de tato já fabricado até hoje.

Assim é o protótipo construído por engenheiros da Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos. Lenn pelloc’h

Rio+20: Sociedade civil frustrada por “completo fracasso”

O resultado da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, é um fiasco para as organizações não governamentais, que recusaram o documento final negociado pelos governos. Por Amantha Perera e Claudia Ciobanu, da IPS.

O diretor-geral do Greenpeace, Kumi Naidoo, qualificou de “completo fracasso” o resultado desse encontro, por sua falta de metas concretas e prazos.

A organização Greenpeace foi uma das mais duras críticas das negociações nos últimos meses sobre a declaração final da Conferência. “Há muitas voltas e muito teatro para tentar demonstrar que o resultado é positivo”, disse Naidoo, ontem, um dia antes do encerramento oficial da cimeira. “Há pontos de referência específicos? Há recursos específicos (comprometidos)?”, questionou. “A realidade é que é um completo fracasso nesse sentido”, ressaltou.

Naidoo afirmou que o fracasso da Conferência não deve ser atribuído por inteiro ao Brasil, mas acrescentou que a nação organizadora deve aceitar parte da culpa por ter pressionado por um consenso sem importar a sua consistência. “Muitos governos queixaram-se da forte pressão que o Brasil exercia para obter um acordo a qualquer custo”, opinou, acrescentando que o resultado final é um documento com poucas ambições. Naidoo também criticou as nações ricas por defenderem apenas os seus interesses. Lenn pelloc’h

Petrobras quer mais álcool na gasolina

Proposta é fruto de estudo sobre viabilidade financeira, e estrutural, da alteração na mistura e que foi preparado por subsidiária da empresa

Posto de gasolina: com proposta da Petrobras, mistura de gasolina e álcool anidro crecerá 5% a mais de álcool

Rio de Janeiro – O Ministério de Minas e Energia recebeu da Petrobras um pedido formal para aumentar de 20% para 25% o teor de álcool anidro na gasolina. A proposta resultou de um estudo sobre a viabilidade financeira e estrutural da alteração na mistura, recém preparado pela subsidiária Petrobrás Biocombustível. Lenn pelloc’h

Câmera de 50 gigapixels supera visão humana em 5 vezes

A câmera captura múltiplos níveis de detalhamento da imagem, graças ao seu design parecido com o olhos dos insetos. [Imagem: Duke University/ISP]

Visão superhumana

Enquanto os astrônomos se esforçam para criar a maior câmera digital do mundo, que irá equipar o telescópio LSST, outra equipe resolveu adotar uma técnica mais em conta.

Juntando 98 câmeras digitais comuns, e mais um punhado de circuitos disponíveis no comércio, eles criaram uma câmera capaz de capturar nada menos do que 50 gigapixels de informação de uma cena.

Cobrindo um campo de visão de 120 graus, cada imagem alcança uma resolução 5 vezes maior do que um ser humano com visão perfeita consegue enxergar.

Lenn pelloc’h

Supercomputador brasileiro Grifo04 é o 68º na lista dos mais rápidos do mundo

Produzido pela Itautec para ajudar nos estudos de processamento sísmico na Petrobras, o Grifo04 é o computador mais rápido do país e da América Latina. Ele possui nada menos que 1088 GPUs NVIDIA Tesla M2050 e consegue realizar mais de 250 trilhões de operações aritméticas por segundo.

O equipamento foi incluído na lista dos 500 computadores mais rápidos de 2012 e deixou o veterano do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Tupã (o 79º), para trás. Lenn pelloc’h

IBM constrói supercomputador refrigerado com água quente

Refrigeração com água quente

A IBM anunciou o término da construção e do comissionamento do primeiro supercomputador resfriado com água quente.

O supercomputador, chamado SuperMUC, foi construído para o Centro de Supercomputação de Leibniz, na Alemanha.

Seus 155.656 núcleos, montados em 9.400 nós de processamento, são resfriados por uma tecnologia que dispensa o ar-condicionado e a mais tradicional água fria, geralmente usada nos computadores de grande porte.

Os processadores e a memória são resfriados por água quente, com temperaturas que variam entre 45ºC e 60 ºC.

Microcanais levam a água diretamente até os chips, diminuindo a resistência termal para a troca de calor, mantendo os processadores sempre abaixo da temperatura segura de 85 ºC.

Segundo a IBM, isso permite a retirada muito rápida do calor, que é removido dos processadores de forma 4.000 vezes mais eficiente do que a refrigeração a ar. Lenn pelloc’h

No Fundão, trem de levitação magnética começará a ser construído em agosto

Uma nova proposta para melhorar a mobilidade no Rio vai começar a flutuar a partir de 2014. Daqui a dois meses, iniciam as obras para o primeiro trem de levitação magnética do Brasil, com a construção da estrutura metálica por onde a composição, com capacidade para 30 pessoas, passará. O dinheiro virá de um convênio de R$ 5,8 milhões da UFRJ com o BNDES, com o apoio da Faperj, que foi celebrado nesta sexta-feira no Parque dos Atletas. Lenn pelloc’h