Light e Cemig inauguram Hidrélétrica de Paracambi

A Light e a Cemig inauguram a Hidrelétrica de Paracambi. Com investimento de R$ 200 milhões, a nova usina tem capacidade de produzir 25 MW de energia limpa e renovável, suficiente para abastecer 50 mil residências. Na inauguração, além dos presidentes da Light, Jerson Kelman, e da Cemig, Djalma Morais, estiveram presentes várias lideranças políticas e representantes das comunidades. A construção da PCH, que durou 30 meses, foi administrada pela LightGer, empresa criada pelo empreendimento formado pelos grupos Light S/A e Cemig Geração e Transmissão. A hidrelétrica abrange o município de Paracambi (77 km do Rio de Janeiro), na Baixada Fluminense, local da construção da barragem, e também Itaguaí e Piraí, para onde se estende o reservatório, com 2,37 km², ou 237 hectares.

Importante para aumentar a autossuficiência energética do estado o Rio de Janeiro, a hidrelétrica de Paracambi passa a incorporar o complexo de Lajes que hoje é constituído pelas usinas hidrelétricas de Fontes Nova, Nilo Peçanha e Pereira Passos. Além desse novo empreendimento, a Light e Cemig são parceiras no projeto de construção da hidrelétrica de Itaocara, no rio Paraíba do Sul que terá capacidade de produção de 151 MW.

Perfil de uma PCH -A Hidrelétrica de Paracambi é um Pequena Central Hidrelétrica (PCH). As PCHs têm capacidade para produção entre 1 a 50 megawatts, e a área total do reservatório de água é de, no máximo, 3 km². Por terem pequeno porte e estarem próximas do consumidor, essas hidrelétricas reduzem o custo de transmissão e garantem uma maior estabilidade do fornecimento de energia elétrica. Este tipo de hidrelétrica é utilizada principalmente em rios de pequeno e médio porte, como é o caso do Ribeirão das Lajes, em Paracambi.

Essas hidrelétricas têm sido apontadas por ambientalistas como uma tendência, pois multiplicam as possibilidades do aumento da geração de energia hídrica, uma fonte limpa e que responde por 75% da matriz energética brasileira. [www.pchparacambi.com.br].

Fonte : http://www.revistafator.com.br

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s