Usina de energia solar é inaugurada no Mineirão, em Belo Horizonte

MIUma parceria entre o governo de Minas Gerais, a  Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), e o consórcio Minas Arena inaugurou, nesta sexta-feira (17), a Usina Solar Fotovoltaica (USF), no estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, em Belo Horizonte. O estádio é o primeiro do Brasil a receber a tecnologia, que começa a funcionar na Copa das Confederações, em junho deste ano, segundo a Cemig. O sistema vai ser responsável pela geração de energia correspondente ao consumo de 900 residências.

O empreendimento foi financiando em 80% com fundos do Banco de Desenvolvimento da Alemanha, Kreditanstalt für Wiederaufbau (KfW).

O sistema será uma fonte limpa de geração de energia. Painéis coletores foram instalados na cobertura do Mineirão, em uma área total de 9,5 mil metros quadrados. De acordo com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), a potência de geração de energia equivale ao consumo de cerca de 900 residências.

A usina começou a ser montada em dezembro de 2012, com os trabalhos de preparação e impermeabilização da cobertura para a montagem das estruturas metálicas de suporte das placas fotovoltaicas.

A companhia informou que a energia elétrica será injetada em sua rede, por meio da subestação de alimentação do Mineirão, situada dentro do estádio. Toda a energia produzida será distribuída na rede, sendo que 10% vai retornar à Minas Arena e será utilizada dentro do estádio.

A iniciativa de se instalar uma central geradora de energia a partir dos raios do sol no Mineirão foi inspirada nos estádios de Freiburg, considerada a capital solar da Alemanha, e de Berna, na Suíça, e nos estádios solares construídos para a Eurocopa 2008.

“A instalação da usina solar do Mineirão honra um calendário de ações sustentáveis implementadas na obra de modernização do estádio desde as primeiras demolições até os dias de hoje. Cerca de 90% dos resíduos sólidos gerados com a obra, por exemplo, tiveram destinação sócio-ambientais responsáveis, como a terra, o metal e o concreto. É um privilégio ter em funcionamento a primeira usina solar dos estádios da Copa de 2014”, destacou Tiago Lacerda, secretário de Estado Extraordinário da Copa (Secopa).

FONTE: G1 logopet

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s