Energia heliotérmica, mais uma opção entre renováveis

Uma usina solar termoelétrica é composta dos seguintes componentes principais: o coletor solar concentrador (calha parabólica)  que, mediante a reflexão, realiza a sua coleção e concentração; o absorvedor que absorve a luz e transfere o calor para a um fluído térmico; um sistema armazenador de calor; um sistema gerador de vapor e um sistema convencional de conversão de energia térmica em eletricidade.

O coletor solar concentrador (calha parabólica) que, mediante a reflexão, realiza a sua coleção e concentração; o absorvedor que absorve a luz e transfere o calor para a um fluído térmico; um sistema armazenador de calor; um sistema gerador de vapor e um sistema convencional de conversão de energia térmica em eletricidade.

Energia heliotérmica ou energia solar térmica concentrada – internacionalmente conhecida como CSP (Concentrated Solar Power) – é uma tecnologia ligada às energias renováveis que transforma a energia solar em energia térmica e subsequentemente em energia elétrica. Através da concentração dos raios solares, temperaturas até 1500°C podem ser obtidas.
Uma usina solar térmica concentrada consiste de duas partes: o coletor térmico e o ciclo de potência. Espelhos de configurações diferentes servem para concentrar os raios solares. No foco dos espelhos circula um fluido de trabalho que é aquecido. No ciclo de potência, acontece a expansão desse fluido de trabalho em uma turbina. Alternativamente, o vapor pode ser utilizado diretamente em processos industriais. Além disso, para garantir um funcionamento mais flexível, é possível incluir um armazenamento térmico ou uma co-combustão de combustíveis reservas no ciclo de potência.
A função geral de coletor é a concentração dos raios solares e o aquecimento do fluido de trabalho, que circula em um receptor. A taxa de concentração determina a relação entre a abertura do coletor e a área de absorção do receptor. Quanto maior a taxa de concentração, mais altas são as temperaturas do fluido de trabalho. O aquecimento solar de água por aplicações domésticos dispensa concentração e utiliza um só receptor.
Com essa tecnologia temperaturas de aproximadamente 100°C podem ser alcançadas dependendo da irradiação obtida. Com as tecnologias heliotérmicas, somente a radiação solar direta é aproveitada, enquanto elas não são capazes de transformar a radiação solar difusa em calor. Por isso, não é possível gerar energia elétrica durante um céu nublado.
Devido ao rastreamento do sol, o coletor solar de energia concentrada tem que ser rastreado em um ou dois eixos. O processo é mais complexo com dois eixos, o que resulta em uma taxa de concentração maior e portanto temperaturas mais altas. Atualmente existem quatro tecnologias comerciais: concentradores cilindros-parabólicos, refletores lineares de Fresnel, torres solares com heliostatos e discos parabólicos.
Fonte: Tn Sustentável                                                                                                                                                 logopet

Lezel ur respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s