Sistemas Eletrônicos

A Era das Máquinas Livres

arduino-duemilanoveNa era da tecnologia e informatização, o acesso a informações se tornou mais fácil permitindo a construção de conhecimento de uma maneira simplificada. Com o auxilio de ferramentas de código aberto e a internet o movimento do “faça você mesmo” está crescendo com grande força no mundo inteiro.

Uma ferramenta essencial desse processo é o Arduino que é uma plataforma eletrônica livre para desenvolvimento de hardware que proporciona o controle de processos por possuir um microcontrolador que é programável através de uma linguagem de programação baseada em C/C++ e de um compilador próprio.

Outra ferramenta fundamental são os softwares de código aberto, que tem seu código fonte incluso e permitem a sua reprodução assim como sua modificação e melhoria. Podendo ser utilizados tanto na programação do Arduino, ou criando programas que resolvam as suas necessidades.

As impressoras 3D estão sendo muito usadas também e permitem a prototipagem e a criação de objetos que seguem os padrões especificados de maneira rápida e independente.

O movimento possui diversas vantagens, como possibilitar um grande grau de liberdade nas criações, além de obter exatamente o resultado que você deseja. A plataforma Arduino é relativamente barata e simples de se operar com bastante material na internet, o que motiva a sua utilização. Independência das grandes empresas é outro fator motivacional, pra que esperar um produto quando você pode cria-lo? A tecnologia está ao alcance de todos.

O requerimento de um conhecimento técnico é uma das desvantagens, além de ser um processo trabalhoso e às vezes demorado. Ferramentas como a impressora 3D é cara e ainda é restrita a grandes laboratórios de pesquisa e ambientes universitários. As alterações em algum software de código aberto devem ser compartilhadas e permitir que outros utilizem a nova versão e modifiquem-na também, o que destruiria os direitos intelectuais pela criação.

0 thoughts on “Sistemas Eletrônicos

  1. Grupo 3 – A favor
    “O grupo vota pela escolha do tema: Vantagens da Quarta Revolução Industrial.
    Esse tema é bastante inovador e atual, sendo que as pessoas hoje buscam através da eletrônica(programações em hardwares, entre outros) um maior dinamismo tecnológico para produções e prestações de serviços, buscando uma maior produtividade em um intervalo de tempo cada vez menor.

  2. Grupo 2 – Contra
    Escolhemos o tema: Desvantagens da quarta Revoluçao Industrial devido a sua abragência no mundo atual,tendo grande foco na mídia, atingindo direta e indiretamente a vida das pessoas, sendo um assunto bem interessante.

  3. Grupo 1 – Contra
    Nós optamos pelo tema:desvantagens da 4° revolução industrial,por ser um tema bem atual(é algo que as pessoas estão vivenciando nesse momento) e por julga-ló mais interessante.

  4. Grupo 4 – A favor
    Nosso grupo escolheu o tema “A Era das Máquinas Livres” por termos interesse em pesquisar e descobrir mais novidades sobre um tema atual e revolucionário.

  5. Grupo 2 – Contra

    Analisando o contexto da Quarta Revoluçao Industrial, concluimos que uma de suas desvantagens é o fato dela alienar as pessoas, prejudicando as relações interpessoais, podendo leva-las a terem dificuldades em manter a confiança em si mesma e acabar por se sentir mais segura atrás de uma máquina,com chances de ser levada a total reclusão do mundo real.

  6. Grupo 1-Contra.
    O processo de utilização do arduino é um tanto demorado e cansativo.Além disso é necessário um prévio conhecimeno de linguagem de programação em C ou C++,e a parcela da sociedade brasileira que sabe programar nessas linguagens ainda é pequena.Enfim,em países subdesenvolvidos,a disseminação do arduino será bem lenta,e restrita ao ambito universitário diferentemente das grandes potencias economicas mundiais,onde,num futuro bem proximo,esse tipo de tecnologia podera ser usado ate mesmo em escolas de ensino medio.

    • Grupo 4 – A Favor
      Caro Mateus,
      discordo do seu ponto de vista, pois o arduino pode ser adquirido no varejo por um preço de mais ou menos de 100 reais, ou seja, é bem acessivel e a quantidade de conhecimento em C ou C++ necessária para o seu uso não e tao grande assim. Esse programa open-source foi criado para ser de fácil utilização. Mesmo em países subdesenvolvidos, caso haja incentivo do governo, ele poderá ser bem aceito e disseminado por todo o país.

      • Grupo 1 – Contra
        Caro Renan Pontara,
        O preço do arduino é acessível, mas sozinho ele não obtém sua totalidade em aplicações e a impressora 3D que um anexo a ele, como exemplo, é um máquina cara, não acessível pela maioria e isto deve ser levado em conta. E o que também dissemos é que é necessário o conhecimento de programação e não a quantidade de conhecimento, ou seja, que sabe pode manuseá-lo, já quem não compreende não o faz, então para disseminação de conhecimento, independente de grau de conhecimento, haverá um maior tempo em países cujo o domínio de técnica de programação é pequena, e países subdesenvolvidos se enquadram nesse patamar.
        Com relação relação ao governo, é necessário que se observe o poder vigente, pois um país em que a saúde, saneamento básico e entre tantas outras, não há prioridade, não se pode afirmar que o investimento nessa área, dita pelo grupo 4, será garantido. Basta não viver numa redoma de vidro que isto é observado.

  7. Grupo 3 – A favor

    A Quarta Revolução Industrial gera uma mudança na organizaçao economica, social e politica mundial.
    Por meio de investimentos em energias limpas e renovaveis, a produçao de bens e riqueza torna-se mais sustentavel,
    e com isso, menos crítica para o meio ambiente e para as sociedades.
    Preservando o meio ambiente e reduzindo a poluiçao, torna as cidades menos cinzentas, assim, defendendo
    a saude humana e respeitando as demais sociedades.

  8. Grupo 1-Contra.
    Com a quarta revolução industrial, surge uma busca pela redução de custos e de uma ampliação da automação robótica. Existindo assim a necessidade somente da mão-de-obra especializada, ou seja, os que dominam a linguagem de programação. Por conseguinte a mão-de-obra menos especializada fica a margem da interação mercadológica, assim é tendencioso que surjam desempregos, por parte dos menos qualificados. Então fica evidente uma nova divisão de classes, os detentores da informação e os não detentores e suas respectivas valorizações. Logo os benefícios de universalização do conhecimento, aplicados à quarta revolução geram dubiedade interpretativa, isto é, são contráditórios com relação a distribuição de conhecimento, pois sempre háverá a detenção de informação ou a monopolização de informação.
    Em um plano mundial, paises desenvolvidos estão munidos de mais recursos e podem buscar uma gama maior de conhecimento, então o ńivel de desenvolvimento será mantido de acordo com a situação global, assim existirá uma divisão de paises, ou seja, países com baixo nível de desenvolvimento se desenvolverão mais lentamente.
    Em suma, a quarta revolução industrial poderá acarretar divisão de classes de conhecimento, de classes econômicas, consequentemente divisões sociais e globais, ou seja, o princípio de universalização do conhecimento em benefício de todos, também poderá se tornar um benefício egoísta, monopolizador e detentor único da informação.

  9. Grupo 1 – contra
    Na quarta revolução industrial a ideia de faça você mesmo é totalmente exercida com o advento do arduino. Este invento nos proporciona projetar ferramentas úteis em várias áreas de conhecimento, o descrevendo assim ele pode parecer invenção solucionadora de todos os problemas, porém não é bem assim.
    O seu máximo potencial não é extraído sozinho, ele precisa estar acoplado a algo e que no caso o mais apropriado é a impressora 3D, uma ferramenta de alto custo não acessível a todos.
    Mais uma vez a questão financeira pesa na transformação de conhecimento em hardware físico, ou seja, não basta ter o conhecimento é necessário ter o instrumento de pesquisa e desenvolvimento para que os resultados surjam.
    Portanto como a impressora 3D é algo um tanto quanto inacessível aos menos abastados, a informação e o desenvolvimento ficam restritos.

  10. Grupo 1-contra:

    Podemos analisar a comunicação na quarta revolução industrial, muitos meios surgiram, principalmente para facilitar a disseminação e troca de informações. Porém quantidade nem sempre é sinônimo de qualidade, pois os meios supostamente evoluiram, mas não com tanta eficácia de funcionamento.
    Os sinais de transmissão muitas vezes são falhos prejudicando a estabilidade do propósito de comunicação.

  11. Grupo 3 – A Favor
    O grupo 1 ao tentar se defender está acabando causando contradiçoes nos seus comentarios, pois muitas vezes para argumentar os pontos contras, diz muitas vantagens.
    Além disso, o mesmo grupo disse que para os paises subdesenvolvidos o processo de disserminaçao do arduino será lenta, porém, esqueceram que sao nos países subdesenvolvidos que a maioria das multinacionais se instalam, por conseguirem mao-de-obra barata, impostos baixos e uma quantidade abundante de recursos naturais.

  12. Grupo 4 – A favor

    O salto do movimento “Faça Você Mesmo” foi principalmente impulsionado por um gasto mais econômico e um resultado preciso. As três novidades prioritárias são: software, impressoras 3D e microcontroladores. Assim pesquisadores de todo o mundo estão reduzindo o custo de fazer ciência, construindo seus equipamentos no próprio laboratório, melhorando assim a oportunidade de cada um descobrir e desvendar as novidades tecnológicas.

  13. Grupo 4 – A favor
    Um bom exemplo das inúmeras vantagens da Quarta Revolução Industrial é a do professor Pearce que precisou de um macaco de laboratório, daqueles que levantam e abaixam equipamentos ópticos, para o seu local de trabalho e ao saber que o equipamento custaria milhares de dólares, resolveu projetar o seu próprio. Assim eles e seus alunos construíram um projeto melhor do que o original gastando muito menos. Portanto percebemos como esta revolução abre portas para novas descobertas, fazendo com que mais pesquisas, financiadas com menos recursos, acarretará mais descobertas.

  14. Grupo 4 – A favor
    Bom a cada dia que passa o mundo necessita de novas facilidades e novos meios de produção, a quarta revolução industrial traz uma nova tendência nessa era tecnológica onde se procura cada vez mais economizar dinheiro e ao obter bom desempenhos. Investir em pesquisas e melhorar nossas máquinas é um processo quase que necessário para o homem, tendo em vista o mundo que vivemos hoje.

  15. Grupo 2 – Contra

    Com a quarta revolução industrial, mais tecnologia estão sendo desenvolvidas e com isso as pessoas vão se esquecendo dos programas ao ar livre, e os relacionamentos entre elas serão substituídos pelos computadores, celulares e meios tecnológicos sofisticados. Com isso, tudo deixa de ser concreto e passa a ser virtual. Essa tecnologia se torna tão necessária que o ser humano passa a ser dependente e controlado por ela.

  16. Grupo 2 – Contra (Cópia integral da internet – http://noticias.universia.com.br/ciencia-tecnologia/noticia/2004/08/06/500903/robotica-realidade-ou-fico-uma-opo-medicina-do-seculo-xxi.html)

    O uso de robôs para as indústrias passa a ser uma questão de sobrevivência, assim, resistir ao uso dos robôs é uma batalha perdida, principalmente devido à forma acelerada com que eles caem de preço. Além disso, o sucesso que as empresas e países usuários de robôs vêm obtendo é alto. Quando se fala em desemprego, é necessário ressaltar que, não existem somente os empregos destruídos. Existem também os empregos modificados. Habilidades pacientemente adquiridas por trabalhadores são, para alguns, bruscamente desqualificadas, porque foram tornadas inúteis pelo movimento do braço do robô. Não resta dúvida, que o que deve ser feito não é impedir o advento dos robôs, pois isto seria praticamente impossível. Por outro lado, não se deve assistir passivamente à sua chegada. O caminho é lutar para que sejam implantadas medidas que contraponham os seus possíveis impactos negativos.

  17. Grupo 2 – Contra

    Com o advento da 4ª Revolução Industrial e o movimento do “Faça você mesmo”, muitas pessoas especializadas na montagem de peças e máquinas estão perdendo emprego. Com o Arduíno, a impressora 3D entre outras coisas, as pessoas tem feito por si próprios os materiais que precisam, substituindo aqueles que trabalham em cima dessa nescessidade. E nem sempre isso é vantajoso, por que o trabalho de um especialista é melhor do que o de uma pessoa que não conhece muito sobre o assunto.

  18. Grupo 2 – Contra (Cópia integral da internet – http://books.google.com.br/books?id=cbzXOdbJvYoC&pg=PA36&lpg=PA36&dq=%22No+que+se+refere+ao+meio+fabril,+por+um+lado+as+ind%C3%BAstrias+recrutam+rob%C3%B4s+e+computadores+guiados+por+uma+necessidade+crucial+para+sobreviv%C3%AAncia+no+mercado,+a+fim+de+conquistar+maior+produtividade+e+qualidade+em+seus+produtos,+de+forma+barata+e+assim+assegurar+competitividade+frente+aos+concorrentes.+Por+outro+lado+os+%22&source=bl&ots=54jm-Fi3pE&sig=ASBRFAfuFg73tSy7FDdBlZTqN-w&hl=pt-BR&sa=X&ei=NrwWUfTDGJSI9ASNloGwCQ&ved=0CDAQ6AEwAA#v=onepage&q=%22No%20que%20se%20refere%20ao%20meio%20fabril%2C%20por%20um%20lado%20as%20ind%C3%BAstrias%20recrutam%20rob%C3%B4s%20e%20computadores%20guiados%20por%20uma%20necessidade%20crucial%20para%20sobreviv%C3%AAncia%20no%20mercado%2C%20a%20fim%20de%20conquistar%20maior%20produtividade%20e%20qualidade%20em%20seus%20produtos%2C%20de%20forma%20barata%20e%20assim%20assegurar%20competitividade%20frente%20aos%20concorrentes.%20Por%20outro%20lado%20os%20%22&f=false)

    No que se refere ao meio fabril, por um lado as indústrias recrutam robôs e computadores guiados por uma necessidade crucial para sobrevivência no mercado, a fim de conquistar maior produtividade e qualidade em seus produtos, de forma barata e assim assegurar competitividade frente aos concorrentes. Por outro lado os trabalhadores ficam aterrorizados com a possibilidade de perda de emprego, causados pelos impactos que os robôs exercem. Certamente os robôs se instalam no lugar dos homens, muitas vezes um robô substitui dezenas ou até centenas de homens em uma linha de produção. Este temor de desemprego vem aumentando a cada dia que passa. A queda nos custos dos robôs tornando-os acessíveis para muitos setores das indústrias, fez com que eles (os robôs) pudessem competir com a mão de obra barata, como a existente nos países do terceiro mundo, ameaçando o emprego de muitos trabalhadores. Muitas empresas multinacionais, que se instalavam em países subdesenvolvidos para utilizar-se do recurso “mão de obra barata”, já estão pensando em reverter essa tendência e concentrar suas operações nos seus próprios países de origem, utilizando robôs para baratear seus custos.

  19. Grupo I – contra:
    Infelizmente o grupo 3 – nos interpretou de forma errônea.
    Partindo da contra argumentação, nós não fomos em algum momento contraditórios, quando são citadas vantagens, elas são usadas de base para contra argumentar, o que se é utilizado como técnica é a argumentação de contra posição e a retórica nos garante isso, então não há motivo para haver dubiedade interpretativa.
    Com relação as multinacionais, estas estão em busca de menores custos de mão-de-obra, então com a implementação do arduino, não será necessária mão-de-obra quantitativa, assim haverá desemprego estrutural. E se só a mão-de-obra qualificada se tornará importante, então é necessário conhecimento específico, no caso a programação, como a linguagem de programação não está disseminada em sua totalidade nos países subdesenvolvidos, ou seja, ela ainda é mantida em âmbitos restritos, isso acarretará em uma maior demanda de tempo, confirmando assim que a disseminação será mais lenta.
    Espero que tenhamos esclarecido nossos argumentos e nossa posição argumentativa.

  20. Grupo 4 – A favor
    Bem ,oque dizer?
    A Quarta Revolução Industrial tem seu lado ruim(oque não tem) ,mas vejamos;os benefícios que essa perspectiva traz para nós pessoas são impressionantes .A tecnologia que integra essa denominada “revolução” se deve ao esforço conjunto (mesmo que inconscientemente )de pesquisas realizadas pelas grandes multinacionais para criar produtos que nos deixem ainda mais dependentes delas.
    Mas com os avanços, nós e pesquisadores leigos percebemos o potencial que essa “revolução” pode nos conferir.Por exemplo podemos ser totalmente independentes como na hora de comprar um objeto (um objeto que é feito sob departamento-todo mundo tem um igual ao seu) ou se enquanto se você domina o conhecimento prévio que uma impressora 3D pode te oferecer o objeto que você quer teria as dimensões que você precisa e ainda poderiam ser totalmente estilizados e exclusivo seu(incentivando até a própria arte).
    De uma forma geral os benefícios dessa “revolução” são incalculáveis ,mesmo que algumas coisas estejam “fora de mão” para muitas pessoas esse tipo de tecnologia tende sempre a se aprimorar e a baratear seu custo,ficando assim mais acessível a mais e mais pessoas.

  21. Grupo 4 – A favor
    A 4° revolução industrial tem que ser tratada como mais um passo que a humanidade esta dando para melhorar cada vez mais seu modo de vida. Como em qualquer mudança e revolução sempre vai haver contras e motivos que podem atrapalhar e dificultar tais avanços, precisamos pensar no que está para acontecer futuramente, o primeiro passo é muito importante para se começar uma nova era de tecnologias e máquinas livres, mesmo que se tenham algumas dificuldades e problemas (sempre vão ter) a otimização e avanço viram com tempo. Os resultados da 4° revolução serão colhidos futuramente hoje apenas estamos começando a desenvolver e estruturar tais máquinas, dando um passo de cada vez o homem consegue a cada dia desenvolver e melhorar mais o meio de vida da terra.

  22. Grupo 3 – A Favor
    O mundo já passou por três revoluções industriais, agora estamos caminhado rumo à Quarta Revolução. O que está motivando essa nova revolução prestes a acontecer?É o avanço dos estudos, pesquisas e a grande atuação da Nanotecnologia.Mas esta nova tecnologia não esta sendo criada apenas para ajudar a informática no geral. Na medicina, por exemplo, temos aparelhos para diagnosticar determinadas doenças, as quais não podem ser detectadas apenas com base em sintomas e exames comuns. Além disso, a nanotecnologia é muito utilizada para criar remédios, afinal, trabalhar com componentes químicos de tamanho tão pequeno, exige uma tecnologia minúscula o suficiente.Os avanços da tecnologia nos dias de hoje, não é apenas para trazer conforto e conseqüentemente degradação ao mundo, mas sim, melhorar e prolongar o tempo de vida de todo o planeta e os que habitam nele.

  23. Grupo 3 – A Favor
    Com a quarta revolução industrial a tecnologia esta cada vez mais presente em nosso cotidiano, as pessoas nao conseguem mais ficar muito tempo sem acesso a internet, sem acesso as suas redes sociais. A quarta revoluçao industrial está fazendo os aparelhos cada vez melhores, com imagens mais definidas e mais rapidos… A concorrencia das empresas devido a quarta revoluçao industrial e muito boa para o povo, alem de comprarmos aparelhos melhores e com menores preços, gera empregos primarios e secundarios na area.

  24. Grupo 3 – A Favor
    Este tema é muito importante para o homem, pois ira facilitar e melhorará a qualidade de vida. Dentro da quarta revoluçao há três pontos que ganham grande destaque, sendo elas, a revoluçao nanotecnica, que vai mudar a forma do homem ver a materia, a revoluçao biotecnica, que ajudará na melhora da vida de todos podendo formar um orgão para substituir um natural com dificuldade de exercer sua(s) função, e por fim, a revoluçao ética, ramo este que vem crescendo muito para manter uma ordem na sociedade cientifica e na harmonia com a natureza.

  25. Grupo 3 – A Favor
    A quarta revolução industrial tem grandes benefícios para a humanidade, como na área da tecnologia, industrias e da saúde. Por exemplo, a nanotecnologia que proporciona produtos de altíssima tecnologia como os computadores quânticos, dispositivos médicos capazes de movimentar-se na corrente sanguínea, materiais com a resistência dez vezes maior que a do aço e até mesmo um nariz eletrônico gabaritado à detectar cheiros desconhecidos.

Lezel ur respont da nilton Nullañ ar respont

Fill in your details below or click an icon to log in:

Logo WordPress.com

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont WordPress.com Log Out /  Kemmañ )

Google photo

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Google Log Out /  Kemmañ )

Skeudenn Twitter

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Twitter Log Out /  Kemmañ )

Luc'hskeudenn Facebook

Emaoc'h oc'h ober un evezhiadenn gant ho kont Facebook Log Out /  Kemmañ )

War gevreañ ouzh %s