Criada contra desmatamento, força militar ambiental atua para garantir hidrelétricas

dematamentoServiço militar foi criado para acabar com a devastação da Amazônia. Mas tropas também atuam como segurança em projeto de construção de usina no rio Tapajós. Índios e população ribeirinha pedem o fim da operação.

A Força Nacional de Segurança Ambiental foi criada para combater o desmatamento ilegal na Amazônia. Seis meses depois, parte da tropa executa uma missão contraditória, que nada tem a ver com a proteção da mata: garantir a construção de novas hidrelétricas na região.

Lenn pelloc’h

Dilma veta 12 itens e exige 32 mudanças no Código Florestal

Brasília – A presidenta Dilma Rousseff decidiu vetar 12 itens do Código Florestal e fazer 32 modificações no texto aprovado pela Câmara dos Deputados no fim de abril.

Lenn pelloc’h

Câmara chega à votação do Código Florestal sem texto

Brasília – A falta de um acordo para a votação da reforma das regras de preservação do meio ambiente nas propriedades privadas deverá impor o adiamento da última etapa de votação da reforma do Código Florestal hoje na Câmara. A votação em regime de urgência de um relatório desconhecido até ontem à noite será discutida em reunião de líderes marcada para a tarde. Ambientalistas convocaram manifestação na Esplanada.

Lenn pelloc’h

Código florestal será votado definitivamente nesta terça-feira

Brasília – A votação do novo Código Florestal brasileiro, marcada para a próxima terça-feira (6), na Câmara dos Deputados, vai enfrentar fortes resistências dos setores ambientalista e científico. Mesmo assim, o governo não abre mão de ver a matéria aprovada definitivamente, como está, nesta semana.

A primeira batalha a ser enfrentada pelos defensores do texto será com a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que já se manifestou contrária à proposta da forma como saiu do Senado. Lenn pelloc’h

Código Florestal: Câmara deve votar em 2012

Da Agência Ambiente Energia – O presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, classificou como “pouco provável” a votação do projeto do novo Código Florestal ainda neste ano. Esta semana, Maia avaliou que a proposta possui muitos pontos polêmicos, que não poderão ser debatidos nas poucas sessões restantes até o início do recesso parlamentar. “Essa é uma matéria que ficará, provavelmente, para o início do próximo ano. De qualquer forma, o compromisso que eu tenho com as bancadas, com os partidos, é de viabilizar a votação do Código Florestal o mais rapidamente possível, e ela deverá ser uma das primeiras matérias a entrar na pauta de votações em 2012″, disse Marco Maia à Agência Câmara.

Líderes do governo e da oposição acreditam que o projeto do novo Código Florestal, aprovado na última terça-feira (6) no Senado, só deverá ser votado na Câmara dos Deputados em 2012. A proposta volta à Casa, onde havia sido aprovada em maio. Nesse período, o projeto foi modificado no Senado. O senador Jorge Viana (PT-AC), relator junto com Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), considera que o texto que volta à Câmara reúne as condições necessárias para transformar as florestas brasileiras em ativos econômicos. Ele acredita ainda que os deputados devem manter o texto aprovado pelo Senado. Lenn pelloc’h

Greenpeace faz protesto contra Código Florestal em Brasília

Brasília – Brasília amanheceu hoje (6) com uma manifestação contra a aprovação do novo Código Florestal. Na Praça dos Três Poderes, representantes do Greenpeace inflaram um balão gigante em formato de motosserra, que trazia as frases: “Senado, Desliga essa Motosserra”, de um lado, e “Dilma, Desliga essa Motosserra”, de outro.

Lenn pelloc’h

Código Florestal: votação concluída

Da Agência Ambiente Energia – A Comissão de Meio Ambiente do Senado concluiu, na quinta-feira, 24 de novembro,  a votação do substitutivo do senador Jorge Viana (PT-AC) ao projeto de reforma do Código Florestal (PLC 30/2011). Na ocasião, também foi aprovado requerimento para que o texto tramite com urgência no Plenário. Caso acolhido o pedido de urgência, o texto pode ser votado já na próxima semana. Dos 77 destaques ao projeto apresentados no dia 24, apenas quatro foram aprovados. O texto-base havia do substitutivo havia sido aprovado no dia anterior. Lenn pelloc’h