Pesquisadores conseguem controlar cérebro humano à distância

cerebroPesquisadores da Universidade de Washington, nos EUA, desenvolveram o que eles acreditam ser a primeira interface cérebro-cérebro humana não invasiva. Isso significa que foi possível enviar um sinal cerebral e controlar o movimento de outra pessoa pela internet. Tudo isso sem nenhuma cirurgia.

Conforme a nota enviada da instituição, durante todo o processo, o cientista que enviou o “sinal cerebral” e o pesquisador que o recebeu, estavam em lados opostos da Universidade. Lenn pelloc’h