Eletrobras divulga relatório de sustentabilidade

Já está disponível o Relatório Anual e de Sustentabilidade 2012 das empresas Eletrobras, com informações sobre o desempenho nos aspectos econômico, social e ambiental, no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2012. Também estão expressos os principais desafios e compromissos da companhia, as ações já realizadas e as propostas para os próximos anos.

Lenn pelloc’h

Corte na tarifa de energia faz Eletrobras ter o maior prejuízo de sua história

As mudanças nas regras do setor elétrico implantadas no ano passado pelo governo Dilma Rousseff levaram a Eletrobras a registrar em 2012 prejuízo de R$ 6,8 bilhões, o maior desde que a companhia foi criada, em 1950.

Após prejuízo recorde, Eletrobras está perto de virar uma Petrobras.

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (28) pelo presidente da empresa, José da Costa Carvalho Neto.

Entre outubro e dezembro de 2012, a elétrica teve perda de R$ 10,5 bilhões, maior prejuízo trimestral nominal (sem ajustar pela inflação) de uma empresa de capital aberto no país desde 1996, segundo levantamento da Economatica.

O prejuízo decorreu exclusivamente dos efeitos da MP do setor elétrico, que obrigou as companhias a reduzirem suas tarifas para antecipar a renovação das concessões.

Sem isso, a empresa teria um lucro de R$ 5,9 bilhões.

Lenn pelloc’h

Plano de negócios da Eletrobrás prevê R$ 52 bi em investimentos até 2017

O plano de negócios e gestão aprovado na última quarta-feira, 27 de março, pelo Conselho de Administração da Eletrobras, prevê R$ 52 bilhões em investimentos da estatal entre 2013 e  2017. Desse total, R$ 32 bilhões estão contratados e, para outros R$ 1,5 bilhões, a empresa já tem recursos.  O desafio agora será garantir os R$ 18,5 bilhões para novos investimentos, o que poderá ser feito com financiamento de bancos públicos, a venda de participações minoritárias em empreendimentos e até mesmo a negociação de ativos, informou nesta quinta-feira, 28 de março, o presidente da estatal, José da Costa Carvalho Neto.

Lenn pelloc’h

Falhas no sistema elétrico provocam interrupção de 8308 MW de carga no final de semana

Cerca de 12 estados foram afetados; CMSE se reuniu nessa segunda-feira (17/12) para analisar as causas das ocorrências

2068

No último final de semana ocorreram duas interrupções de energia elétrica no Sistema Interligado Nacional (SIN). Somadas, foram 8308 MW de carga não transmitidas, deixando várias regiões do País no escuro.

Segundo Informativo Preliminar Diário da Operação (IPDO), no sábado (15/12), às 17h55, ocorreram múltiplos desligamentos no SIN nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Naquele dia, “houve a interrupção de 8166 MW de carga”, e além dessas regiões, “afetaram também Acre e Rondônia”. No total, foram 12 estados afetados por essa primeira interrupção de eletricidade, sendo que São Paulo e Paraná foram os mais afetados.

Lenn pelloc’h

Eletrobras aceita proposta do governo para renovar concessões; Cesp recusa

A Eletrobras aprovou nesta segunda-feira 3 a renovação antecipada das concessões de energia elétrica que venceriam entre 2015 e 2017. Já a Cesp (Companhia Energética de São Paulo) tomou atitude contrária e anunciou que não vai renová-las.

A renovação das concessões são o maior entrave do pacote de redução das tarifas elétrica anunciado pela presidenta Dilma Rousseff no último mês. Ela pretende diminuir as contas para a indústria em até 28%. Para isso, as atuais concessões teriam que acabar mais cedo e as empresas seriam indenizadas. As companhias vinham reclamando do valor oferecido pelo governo na renovação.

Lenn pelloc’h

Elétricas ameaçam ir à Justiça contra Medida Provisória

A renovação das concessões do setor elétrico poderá parar na Justiça caso o governo insista em manter as condições da Medida Provisória 579 e não aceite negociar com as concessionárias. Apesar de o ministro da Fazenda Guido Mantega desafiar o setor a mostrar irregularidades na MP, algumas empresas já encomendaram pareceres jurídicos questionando o valor das tarifas, as indenizações e todo rito processual, considerado ilegal pelos advogados por causa da pressa para resolver a questão. Lenn pelloc’h

Por que o Brasil está sofrendo tanto apagão?

Queda de energia no Norte e Nordeste na madrugada de sexta é a quarta registrada no país em pouco mais de um mês. Alguma coisa não está certa – e o governo sabe bem.

Virou rotina. O apagão que deixou na escuridão 100% do Nordeste e 77% dos estados do Tocantins e Pará na madrugada de sexta é o quarto registrado no país em menos de 35 dias. No fim de setembro, sete milhões de pessoas ficaram no breu no Nordeste, no dia 22. Depois, uma pane num transformador em Furnas, de Foz do Iguaçu, interrompeu o fornecimento de energiapara grande parte do país, no dia 3 deste mês. E, em menos de 24 horas, um novo apagão afetou 70% do Distrito Federal. Algo está muito errado no sistema elétrico nacional.

Lenn pelloc’h