Usina de Fukushima detecta novo vazamento de água radioativa

fukushima- postagem 2

Mais de uma tonelada do líquido vazou em instalação de descontaminação. Incidente ocorreu enquanto trabalhadores limpavam tanque de filtragem.

A usina nuclear de Fukushima detectou um vazamento de mais de uma tonelada de água radioativa dentro das instalações de descontaminação do líquido, que não chegou ao exterior da central, anunciou nesta quinta-feira (17) a operadora Tokyo Electric Power (Tepco).
O incidente aconteceu quando funcionários da usina limpavam

Lenn pelloc’h

Japão desenvolve estacionamento automático para guardar bicicletas

Estacionamento-subsolo-japao

Por causa da crônica falta de espaço em Tóquio, capital do Japão, os japoneses      desenvolveram um     sistema revolucionário para guardar suas bicicletas. Através de um  grande depósito subterrâneo, com 11,5 metros de profundidade, qualquer cidadão  pode simplesmente depositar seu veículo em um elevador, que automaticamente aloja-  a em uma das 204 vagas disponíveis do bicicletário.

Cada bicicleta possui um chip, cujos dados também são armazenados no cartão do usuário, portanto ele é usado para guardar e retirar o veículo. Rapidamente você pode ter de volta sua bicicleta, que ficou segura da variação de temperatura, e protegida.

Japão e Brasil retomarão negociações sobre energia nuclear

Tóquio – O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, retomarão na próxima semana em Tóquio as negociações sobre a cooperação nuclear civil, informou a agência de notícias nipônica Kyodo.

As negociações visam um acordo que permita às empresas japonesas vender a companhias brasileiras tecnologia e equipamentos para centrais atômicas.

Lenn pelloc’h

Japão cria robôs que detectam mau hálito e chulé

Robôs que sentem cheiro têm forma de mulher, para o hálito, e cão, para o chulé (Foto: Divulgação/via BBC)

Robôs que sentem cheiro têm forma de mulher, para o hálito, e cão, para o chulé (Foto: Divulgação/via BBC)

O Japão revelou dois robôs que advertem usuários se eles estão sofrendo de mau hálito ou de chulé.

Um dos robôs se assemelha à cabeça de uma mulher e se chama Kaori, que em japonês significa “cheiro” ou “fragrância”. O outro se chama Shuntaro e tem o formato de um cãozinho.

Os detalhes a respeito das duas máquinas foram revelados pelo diário japonês Asahi Shimbun. O robô detector de mau hálito atua da seguinte forma: o usuário dá uma baforada diante do rosto de Kaori. Se seu hálito estiver agradável, ela dirá: “um bom cheiro, sem problemas”. Se não estiver tão bom, dirá coisas como “seu hálito está meio fedido” ou ainda “isso está ruim, intolerável”.

Lenn pelloc’h

Fábricas vegetais sustentáveis erguem-se nos arredores de Fukushima

010125130326-domos-energia  O ex-diretor da Tepco, Eiju Hangai, que havia deixado a empresa meses antes dos     desastres de Fukushima, acaba de inaugurar em Minamisoma, a 25 km da zona de  exclusão nuclear, o Fukushima Recovery Solar-Agri Park.

A estrutura trata-se de grandes domos infláveis, construídos entre milhares de painéis solares, formando um projeto de agricultura sustentável totalmente alimentada por energia solar.

Segundo Hangai, ele não poderia deixar de sentir responsabilidade pelo desastre    nuclear que destruiu comunidades inteiras.   Os domos são chamados  de “fábricas vegetais”, onde os agricultores afetados pelo desastre nuclear poderão recomeçar sua vida. O parque servirá também como escola, onde as crianças terão aulas sobre a importância do cultivo sustentável e das energias renováveis

Lenn pelloc’h

Olho artificial para robôs é feito com proteína de bactéria

010180130118-biossensor-opticoFotossensor biomimético

A visão dos robôs é normalmente fornecida por câmeras, que captam o ambiente ao redor e repassam as informações para um processador, que interpreta essas imagens.

Um dos inconvenientes dessa abordagem é que o aparato todo é grande e consome muita energia, um grande problema para os robôs móveis, principalmente para aqueles que devem operar de forma autônoma por longos períodos, como os robôs submarinos ou os robôs voadores.

Yoshiko Okada-Shudo e seus colegas da Universidade de Chofu, no Japão, foram encontrar nas bactérias uma inspiração para construir melhores olhos robóticos.

A pesquisadora criou um biofotossensor usando uma proteína sensível à luz retirada de uma bactéria que vive em ambientes muito salgados (Halobacterium salinarum). Lenn pelloc’h

Novo governo japonês está disposto a utilizar reatores nucleares

usina-20121227103014Tóquio – O novo ministro japonês da Indústria, Toshimitsu Motegi, revelou nesta quinta-feira que o governo está disposto a retomar a operação dos reatores atômicos considerados seguros pela Autoridade Independente de Regulamentação Nuclear.

“Os reatores não terão as atividades retomadas enquanto a segurança não for assegurada pela autoridade de regulamentação, com base nos conhecimentos científicos”, disse Motegi. Lenn pelloc’h