Torre inflável pode ser alternativa de produção de energia

size_590_size_590_EnergiaSolar_

Energia solar: um dos problemas apontados pelo projeto no último século é que, para que a instalação seja rentável, a torre deve ter um quilômetro de altura

Engenheiros britânicos estão na reta final do protótipo de uma estrutura inflável de um quilômetro de altura, 170 metros mais alta que o maior edifício do mundo, desenhada para produzir energia a partir do calor do sol.

A Universidade de Londres e o engenheiro sueco Per Lindstrand, que acompanhou há duas décadas o milionário Richard Branson na primeira viagem global através do Pacífico, se uniram para tentar dar viabilidade comercial a um velho sonho da engenharia energética projetado pelo espanhol Isidoro Cabanyes em 1903.

O design básico de Cabanyes consistia em uma estufa onde durante o dia se aquece o ar, que sobe por uma alta chaminé e movimenta turbinas que permitem gerar energia. Lenn pelloc’h

Advertisements