Justiça barra obra no leito do Xingu, em Belo Monte

Mais essa, agora. Uma liminar da Justiça Federal do Pará proibiu o consórcio Norte Energia (Nesa), responsável pelas obras de construção da Hidrelétrica de Belo Monte no rio Xingu, de fazer qualquer alteração no leito do rio, como “implantação de porto, explosões, implantação de barragens, escavação de canais, enfim, qualquer obra que venha a interferir no curso natural do Rio Xingu com consequente alteração na fauna ictiológica”. Lenn pelloc’h

Consumo de energia cresce 4,1% em agosto

O consumo de energia elétrica no Brasil cresceu 4,1% em agosto de 2011 comparado a igual período de 2010, de 34,67 mil gigawatts por hora para 36,11 mil gigawatts por hora, segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE). Na comparação entre janeiro e agosto de 2011 e igual espaço de tempo de 2010, a expansão verificada foi de 3,7%, para 284,36 mil gigawatts por hora. No acumulado dos últimos doze meses, o crescimento foi de 4,3%, para 425,55 mil gigawatts por hora. Os dados fazem parte da Resenha Mensal do Mercado de Energia Elétrica, divulgado hoje pela EPE, órgão ligado ao governo federal.

Lenn pelloc’h

Pesquisador defende transformação de áreas degradadas em reserva

Brasília – A exploração de áreas degradadas pode render ao trabalhador rural mais recursos do que a insistência em continuar com a pecuária, segundo o pesquisador da Escola Superior de Agricultura da Universidade de São Paulo (USP) Ricardo Rodrigues. Ele apresentou hoje (27) aos senadores, em um debate sobre o novo Código Florestal, experiência de diversos fazendeiros paulistas e mineiros que adotam o sistema de ganho financeiro com a exploração de madeira em reserva legal, pelo manejo florestal.

Lenn pelloc’h

Inimiga do consumo automotivo

Por Jayme Buarque de Hollanda* – Um dos principais desperdícios de energia no Brasil se deve à aerodinâmica dos veículos, que aperfeiçoada pode reduzir substancialmente o consumo de combustíveis, sobretudo dos caminhões de uso rodoviário, que trafegam em velocidades muito elevadas.

Lenn pelloc’h

Partícula ‘mais veloz que a luz” pode ser revolução na física

Apesar da descoberta, cientistas pedem cautela e esperam novos estudos para comprovarem o resultado

O CERN, onde o experimento foi feito: cientistas pedem cautela

Genebra – Cientistas de ponta disseram nesta sexta-feira que a descoberta de partículas sub-atômicas que aparentemente viajam mais rápido que a velocidade da luz poderia obrigar uma ampla reavaliação das teorias sobre a composição do cosmos, caso seja independentemente confirmada.

Jeff Forshaw, professor de física de partículas na Universidade de Manchester, na Grã-Bretanha, disse à Reuters que os resultados, se confirmados, poderiam significar que é possível teoricamente “enviar informações para o passado”. Lenn pelloc’h

Justiça volta a mostrar indecisão sobre quem vai julgar ações contra Belo Monte

MPF critica indefinição, que causa demora ainda maior na apreciação dos processos que tentam parar a construção da hidrelétrica do Xingu.

 

Crédito: Eletrobras

O Tribunal Regional da 1ª Região, em Brasília, voltou a causar uma reviravolta no destino das ações judiciais impostas pelo Ministério Público Federal para paralisar a construção da hidrelétrica de Belo Monte (11.233MW), atualmente em andamento no rio Xingu, Pará. Em julgamento nesta semana, os desembargadores da 3ª seção decidiram que o caso deve ir para a 9ª Vara Federal em Belém. Na semana passada, a mesma seção havia definido que a Vara de Altamira seria a competente para tratar do assunto.

“Com as decisões contraditórias, a indefinição volta ao caso de Belo Monte, pois agora um dos processos fica em Altamira, outro em Belém e os demais processos ainda dependem de novas decisões da 3ª Seção e agora ninguém sabe qual vara judiciária deve julgar as inúmeras irregularidades apontadas pelo MPF no licenciamento da hidrelétrica”, lamenta o MPF, em nota publicada em seu site na internet. Lenn pelloc’h

Luva-sonar para cegos tem projeto aberto

O projeto é totalmente aberto, baseando-se no bem-conhecido microcontrolador Arduino.

Próteses robóticas, dispositivos biomecatrônicos e aparelhos controlados pelo pensamento costumam reunir o que há de mais avançado na tecnologia.

Mas isso não significa que eles precisem necessariamente custar dezenas ou até centenas de milhares de reais.

Esta é a proposta de Steve Hoefer, que acaba de apresentar sua mais nova invenção: uma luva-sonar capaz de guiar pessoas cegas, eventualmente substituindo os caros cães-guia.

Lenn pelloc’h