Casca de eucalipto pode ser usada na produção de etanol

Considerando a indústria de papel e celulose já consolidada no país, a notícia divulgada ontem pela agência de notícias da USP abre oportunidade para o emprego de uma nova matéria-prima, abundante e de potencial até então ignorado, na fabricação de etanol: as cascas de eucalipto descartadas no processo de fabricação de papel e celulose.

A conclusão de uma tese de doutorado desenvolvida na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo em Piracicaba, apoiada por indústrias do setor, comprovou que uma tonelada de resíduo gera 200 quilos de açúcares, que por sua vez permitem produzir 100 litros de etanol. Se for aproveitado o açúcar presente na estrutura das cascas, esse volume pode dobrar.

Lenn pelloc’h

Embrapa estuda potencial do sorgo biomassa como fonte de energia

A estimativa é 150 mil hectares sejam plantados com a cultura.
Os grãos do sorgo biomassa podem ser utilizados em ração animal.

240px-Sorghum_bicolor03A Embrapa em Sinop está estudando o potencial do sorgo biomassa como fonte de energia. Os experimentos ainda vão prosseguir, mas a expectativa é que a cultura se desenvolva bem nas condições de solo e clima do estado. O sorgo é uma das opções bastante usadas na safrinha no estado. A estimativa é que este ano 150 mil hectares sejam plantados com a cultura. Além do aproveitamento da planta para geração de energia, os grãos do sorgo biomassa podem ser utilizados em ração animal.

Lenn pelloc’h

Boeing cria centro de pesquisa e tecnologia no Brasil

A Boeing anunciou a instalação de seu centro brasileiro de pesquisa e tecnologia no Parque Tecnológico de São José dos Campos, no interior de São Paulo.

Boeing 787 Dreamliner

O novo Centro de Pesquisa e Tecnologia será inaugurado este ano, após reforma de um espaço já existente no parque tecnológico.

Ele será composto por até 12 pesquisadores e cientistas da Boeing que vão pesquisar e desenvolver projetos de tecnologia aeroespacial com instituições de tecnologia do governo brasileiro, incluindo o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), bem como empresas brasileiras como a Embraer.

Lenn pelloc’h

Governo zera tributos do etanol para impulsionar indústria

Segundo o governo, corte de PIS/Cofins e facilitação do crédito visam estimular o setor sucroalcooleiro, que vem perdendo competitividade

A desoneração de tributos visa principalmente viabilizar condições para que o setor faça mais investimentos. Atualmente, a incidência de PIS e Cofins no etanol equivale a R$ 0,12 por litro. “Vamos dar crédito de PIS e Cofins correspondente a esse valor a fim de neutralizar o impacto desses tributos”, explicou o Ministro.

De acordo com Mantega, o pacote para desonerar o etanol não necessariamente chegará ao consumidor. “O objetivo do governo é garantir o aumento da produção”, afirmou.

Para o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o pacote deve ajudar a consolidar o setor do etanol brasileiro. Ele destacou o crescimento da safra este ano como sinal positivo dessa fortificação. “A safra atual será de 28 bilhões de litros, contra uma safra anterior de 23 bilhões de litros”, disse.

Lenn pelloc’h

Resíduos de frango que seriam descartados por granjas podem ser utilizados para gerar energia elétrica por meio da produção de biogás. Um equipamento desenvolvido na Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Jaboticabal, separa os dejetos em partes líquidas e sólidas, melhorando o desempenho dos biodigestores.

“A proposta é transformar a criação de animais em sistemas sustentáveis de produção”, declarou o pesquisador Airon Magno Aires, que desenvolveu o equipamento durante sua tese de doutorado em zootecnia na Unesp. Segundo Aires, o produtor de frangos de corte necessita, em média, de 26,5 quilowatt-hora de potência por cada galpão avícola. Com esse invento, um galpão de frangos de corte pode gerar 65.250 metros cúbicos de biogás, os quais podem ser convertidos em 110,1 megawatts de energia. Lenn pelloc’h

Células solares superam biocombustíveis em km rodados

Sol em quilômetros rodados

O que faz mais sentido: cultivar plantas para produzir etanol para abastecer carros com motor a combustão, ou usar células solares para gerar eletricidade para recarregar baterias de carros elétricos?

“A fonte de energia para os biocombustíveis é o Sol, através da fotossíntese. A fonte de energia da energia solar também é o Sol,” explica Roland Geyer, da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, nos Estados Unidos.

Para descobrir a resposta, Geyer e seus colegas analisaram a eficiência relativa das diversas tecnologias para converter uma determinada quantidade de luz solar em quilômetros percorridos pelos carros.

Lenn pelloc’h

Aparelho transforma óleo de cozinha usado em biodiesel

São Paulo – Quem escolhe ter um estilo de vida ecológico enfrenta várias dificuldades. Uma delas envolve descobrir o meio mais apropriado para descartar o óleo de cozinha usado. Pensando nisso, a empresa britânica Biobot criou um aparelho que consegue transformar o óleo em biodiesel. Lenn pelloc’h